Vagas Celular

5

Aqui e Sumaré!

Buscador Emprega Sumaré SP

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Sumaré 2017!Olha a Noticia!Para Quem Admira Cristina Carrara(PSDB)!

Sumaré 2017!Olha a Noticia!Para Quem Admira Cristina Carrara(PSDB)!
O problema e que os políticos de Sumaré 2017.
Estão com tanto medo do ministério publico vir a Sumaré 2017
Que estão administrando Sumaré 2017 com medo de administrar!
Fiquem espertos que o ministério publico esta chegando!

Video corre Cristina Carrara(PSDB) e Tito (PT)

Três ex-prefeitos da região aparecem na lista do ministro Fachin

O ex-prefeito de Campinas, Hélio de Oliveira Santos, e a ex-primeira dama, Rosely Nassim Santos são citados na lista do ministro Edson Fachin, por suposto recebimento de vantagem indevida, nas obras da ETE Capivai II. Essa situação foi delatada pelo executivo da Odebrecht, Carlos Armando Guedes Paschoal.

Isso foi alvo da 35° fase da Lava Jato, em setembro do ano passado. Segundo a Polícia Federal, membros do alto escalão da Sanasa teriam recebido propina em empreiteira pela obra da Estação de Tratamento de Esgoto. Os valores teriam sido pagos em fevereiro de 2009 a julho de 2010, período em que Hélio era prefeito de Campinas.

Ainda na denúncia havia uma citação de uma mensagem de 2008 que “revela que houve pagamento de vantagem indevida ‘para atender a uma solicitação da Dra.,  ainda não identificada, relativo a obras da ODEBRECHT junto a SANASA”. A doutora seria Rosely Nassim Jorge Santos.

A assessoria de imprensa de Hélio e Rosely informou que os dois ainda vão se inteirar do conteúdo da petição, para se pronunciar.

SUMARÉ

No caso dos nomes de Sumaré citados na lista de Fachin, a ex-prefeita Cristina Carrara teria recebido da empreiteira R$ 600 mil, segundo delação do mesmo executivo, no período em que era candidata.

Também no ano passado, documentos que compõem as investigações da Lava Jato sugeriam o envolvimento de Carrara em uma listagem da Odebrecht, com alguns valores associados ao codinome “Coroa”, que seria o apelido usado para se referir a ex-chefe do executivo. Naquela ocasião, eram listados quatro supostos repasses, que somavam R$ 400 mil.

Lembrando que na lista de Fachin, outro candidato de Sumaré que é citado é Francisco Assis Pereira Campos, o Tito do PT, que teria recebido R$ 300 mil, durante campanha.
=
MOGI GUAÇU

Outro político da região que aparece na lista do ministro Edson Fachim, também diante da delação do executivo Carlos Armando Guedes Paschoal, é o ex-prefeito de Mogi Guaçu, Paulo Eduardo Barros que concorria à reeleição e em 2012, teria recebido do Setor de Operações Estruturais da Odebrecht R$ 700 mil. Segundo petição, a contrapartida à empreiteira seria a privatização do serviço de saneamento básico na cidade.

fonte:http://www.portalcbncampinas.com.br/2017/04/tres-ex-prefeitos-da-regiao-aparecem-na-lista-do-ministro-fachin/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Curtir Emprega Sumaré-SP agora temos uma Cara

DICAS CASEIRAS

Conheça Esta Parceria!

Conheça Esta Parceria!

Emprega Sumaré-SP Grupo Seguidores

Parceria Emprega Sumaré-SP

+ Vagas disponíveis ate o momento

Busca Profissional

YouTube Sumaré Channel

Mostre sua Empresa

W.W.Advertiser/Publicidade

Emprega Sumaré-SP Numero 1

Horário de Sumaré-SP

Sumaré conectado com o mundo

Sumaré Seja um Cliente Dotz